domingo, 12 de novembro de 2017

Não deixe de ser quem você quer ser


                      Você tem 23 anos de idade e ainda não é dono da própria casa, do próprio negócio, não descobriu a cura de uma doença rara nem um método de produção de energia em massa de forma eficiente e barata, em outras palavras, você não nasceu um gênio que está coletando os royalties das suas pesquisas e faturando milhões mensalmente.

É duro encarar a realidade quando ela não é fantástica e nem nada daquilo que era esperado quando você era apenas uma criança inocente andando e conhecendo este mundo, com enormes ambições que pareciam extremamente fácil de serem completadas e eram ditas a quem quisesse ouvir

- Quando eu crescer vou (ir para a lua! / ser um herói / inventar coisas/ salvar vidas)

O que nos dá a prospecção de que seja um futuro astrônomo, policial/bombeiro, engenheiro e médico, respectivamente, sem nem ideia das dificuldades que deverão ser enfrentadas durante esta jornada para ter uma dessas profissões. Você apensa sabia que queria ser uma dessas coisas, e não ligava para o resto.

Mas ao crescer você muda esse tipo de pensamento, começa a viver a "vida real" e ver a dificuldade que existe em cada passo dado, seja uma frustração ou alguma dificuldade de gerenciamento de tempo e/ou financeira. Você muda sua visão do mundo e consequentemente muda aquilo que você quer se tornar, mas nem sempre é coerente com o que você realmente faz. Pois muitas das responsabilidades adquiridas ao decorrer da sua vida acabam limitando suas opções.

Se você já é completamente feliz com o que conquistou e com quem você é nessa idade, eu fico contente e o parabenizo grandemente, contudo, se você ainda possui sonhos que são maiores que você, objetivos e ideias que estão muito fora do seu alcance, por favor, continue comigo.

Eu sei que é mais fácil culpar uma situação e ficar se escondendo e se remoendo atrás dela por anos, mas isso não vai te trazer resultado positivo nenhum. Tenho alguns pontos principais que você tem que ter em mente durante a continuação deste texto, um deles é que o seu estado de vida atual não define o seu potencial.

Imagine o seguinte, a pessoa mais genial que você saiba da existência troca de corpo com você, e o objetivo dela é fazer com que você tenha uma melhora na sua vida, o que ela faria no seu lugar?
Quais atitudes ela adotaria para o seu "novo eu"?

Cada um de nós possui uma capacidade enorme, e com o passar do tempo começamos a por crenças limitantes em nossa mente como "muletas" para não termos de enfrentar a realidade e a dor que causam o nosso desenvolvimento. Nos escondemos atrás de uma situação que aconteceram a anos, e colocamos muitas desculpas dos nossos fracassos nesses eventos. Alguns exemplos:

- "Já estou velho para começar a fazer o que eu queria, deveria ter começado a 6 anos atrás".
- "Ah, se aquilo não tivesse acontecido comigo hoje eu estaria no topo!".
- "Não nasci gênio, todas as outras pessoas sempre foram mais aplicadas e inteligentes que eu".
- "Como eu queria ter aproveitado mais meu tempo na escola e ter feito uma faculdade!".
- "Se eu tivesse conseguido aquela oportunidade de emprego eu estaria muito bem na vida hoje em!".

Essas e outras frases do gênero são apenas muletas de fracassos que tivemos ao decorrer da nossa caminhada, elas não são eventos que vão definir o resto das nossas vidas e ditar a forma como devemos lidar com o que está ainda por vir. Então aprender com os erros do passado é fundamental, tanto quanto deixar isso onde está, no passado, e viver o presente e sempre em busca de um futuro melhor.

Portanto um ponto importante que você tem que ter em mente é o seguinte: a situação na qual você nasceu não é culpa sua, mas a que você morre é totalmente sua, e isso pode ser moldado com a sua força de vontade. Jogando fora as muletas que você carregou durante toda a sua vida é o primeiro passo em direção a uma melhora, pois você não pode ter e muito menos querer que os outros, sintam pena de você. Assim como não pode deixar que os seus problemas sejam maiores que você, é saber abandonar todas as crenças limitantes que você foi criando e impondo na sua mente durante o tempo, ter o mesmo olhar que tinha de quando você ainda era uma criança, a força de vontade de uma, se você quer algo, não importa o tamanho da dificuldade, você sempre é maior que ela.

Qual seria a sua versão ideal? Uma versão sua que não possuí os defeitos que você tem hoje, que seja altamente eficiente naquilo que você deseja, e que nunca deixa a preguiça ser maior do que a sua força de vontade. Você não deixaria de ser você, só seria uma versão melhor de si mesmo, que não é dominado, mas que domina a preguiça e que saiba muito bem seu propósito e busca com toda a força de vontade pelos sonhos que você tem das coisas que quer se tornar e ter.
 O quão longe você chegaria sendo a sua versão ideal? Quem você se tornaria e onde estaria?

Tire um tempo e pense nisso, imagine e visualize como seria a sua versão ideal, e quando sentir vontade de usar uma muleta como descrito nesse texto, ou sentir preguiça quando precisar realizar uma tarefa, lembre-se da sua versão ideal, o que ela faria? Como se portaria na situação?
 Faça isso sempre, e você vai acabar se tornando a sua versão ideal.

Pois com a metodologia correta, e a força de vontade, você pode chegar onde ninguém mais chegou, fazer tudo o que sempre desejou, e ser exatamente quem você se imagina sendo na sua melhor versão.

Não deixe os seu sonhos guardados na gaveta esperando a "oportunidade certa" para começar a trabalhar neles, pois essa oportunidade nunca vai chegar se você não estiver preparado. A "hora certa" para começar a aprender a fazer aquilo que você deseja ser bom (como por exemplo desenhar, programar computadores, aprender uma língua nova, criar uma peça) jamais vai chegar se você não começar a trabalhar nelas agora, não existe "momento certo" para começar. Assim como se arranja aquele tempo extra para assistir um seriado na televisão, você consegue arranjar um tempo extra para começar os seus projetos e começar a ser quem você realmente deseja ser.

Todos os dias pessoas se sabotam por causa da preguiça ou por terem muitas crenças que limitam seu potencial de desenvolvimento, esse texto foi apenas um lembrete (ou uma explicação de algo que talvez nunca ninguém tenha dito) que temos, independente de quem somos hoje, um potencial ilimitado para fazermos tudo o que sempre sonhamos, se você conhece alguém que tem um potencial muito grande mas que se sabota, envie o link deste texto para ela se lembrar que pode se tornar tudo o que deseja ser.


- Alisson David Frangullys
--------------------------------------------------------------------------------
Tenho que arrumar coisas como a formatação deste texto ainda e adicionar pequenos detalhes